Precisar/precisar de - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Precisar/precisar de

Controvérsia quanto ao uso da preposição "de". Sempre li e escrevi "precisar de fazer", "ir", "dormir", etc., e chamaram-me a atenção para tal, dizendo que é "uma asneira".

Como posso explicar que está correcto à pessoa que me chagou o juízo?

As gramáticas são todas um pouco omissas nas explicações práticas.

Correia Ribeiro Portugal 9K

Segundo o «Dicionário das Questões Vernáculas» de Napoleão Mendes de Almeida, «seguidos de infinitivo, precisar e necessitar vêm sem ou com de: Precisamos acabar com estes passeios - O partido liberal precisa de mover a incredulidade pública - Os libertos necessitam desmentir esses receios - O que necessitaremos de apurar é audácia.»

O «Dicionário de Verbos e Regimes» de Francisco Fernandes explica o seguinte: «significando ter precisão ou necessidade, ensinam alguns gramáticos que só se deve dar a este verbo complemento indireto, regido de preposição de, tachando de errônea a construção com objeto direto: PRECISO DINHEIRO - PRECISAM-SE EMPREGADOS. Os fatos, porém, destroem tal modo de ver, e demonstram que a segunda maneira de construir é tão portuguesa quanto a primeira.» Depois, este dicionário apresenta vários exemplos de frases para demonstrar tal opinião.

Carlos Marinheiro