O uso da preposição ou da contracção com o artigo - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
O uso da preposição ou da contracção com o artigo

Exmos Srs. Como residente no Algarve, tenho ouvido da boca de alguns visitantes a expressão «vou à Quarteira», quando todos os algarvios e residentes dizem «vou a Quarteira». Aliás, o uso da preposição ou da contracção da preposição mais o artigo definido é uma confusão inexplicável, quando nos referimos ao nome das nossas vilas ou cidades. Tentei encontrar uma explicação para o facto, com alguma base lógica, mas sem sucesso. Por exemplo: – vou a Lisboa ---- preposição – vou ao Porto ---- contracção – vou à Figueira da Foz ---- contracção – vou à Batalha ---- contracção – vou a Albufeira ---- preposição – vou a Braga ---- preposição. E muitos mais exemplos poderiam ser dados. Será que me poderiam esclarecer desta dúvida ou informar-me aonde poderei pesquisar? Muito obrigado Melhores cumprimentos

José Prudêncio Mendes Algarve, Portugal 6K

Infelizmente, a falta de lógica a que se refere decorre da história dos topónimos. Há contracção quando o topónimo é acompanhado de artigo; ex: «vou à Covilhã», «estou na Covilhã» (porque se diz «a Covilhã»). A presença do artigo deve-se normalmente ao facto de o topónimo derivar de um nome comum: diz-se «estou no Porto», porque o topónimo evoluiu do nome «porto», provavelmente numa sequência como «o porto de...» (ver José Pedro Machado, Dicionário Onomástico Etimológico da Língua Portuguesa, Lisboa, Livros Horizonte, 2003). Quanto a Quarteira, acontece um fenómeno semelhante ao de outras terras: os naturais usam apenas o nome, enquanto os de fora acrescentam o artigo; p. ex: «água de Luso/do Luso» (localidade portuguesa).

Carlos Rocha
Classe de Palavras: artigo