Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
A origem da expressão «valer a pena»

Li num website que Richard Strauss, aquando da sua visita a Sintra, declarou acerca do Palácio da Pena: «Hoje é o dia mais feliz da minha vida. Conheço a Itália, a Sicília, a Grécia e o Egipto e nunca vi nada que valha a Pena.» Terá sido esta a origem da expressão «valer a pena»?

João Vilas-Boas Estudante Lisboa, Portugal 4K

Parafraseando certa frase italiana, direi que a explicação sugerida pelo consulente é bem achada, mas não é verdade. A expressão «valer a pena» está atestada muito antes de o compositor alemão Richard Strauss (1864-1949) ter vivido e ter visitado o Palácio da Pena, em Sintra (Portugal).

Assinale-se que a forma pena é comum a duas palavras diferentes:

a) «tristeza», «trabalho», «sofrimento», «maçada»: «valer/merecer a pena»;
b) «rochedo», «pedra»: Palácio da Pena; existe a variante penha (por exemplo, como em Penha Longa, também em Sintra).

Pode é ter acontecido que Richard Strauss soubesse um pouco de português e tivesse feito um trocadilho entre a palavra pena, «sofrimento, sacrifício», e Pena, top{#ó|ô}nimo com origem em pena, «pedra, rochedo», aproveitando a existência da expressão «valer a pena».

Carlos Rocha
Tema: Origem de palavras Classe de Palavras: locução