José António Fernandes Camelo - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
José António Fernandes Camelo
José António Fernandes Camelo
1K

José António Fernandes Camelo (1942 - 1999) Era professor de Latim na Universidade Autónoma, cargo que desempenhara na Universidade de Santiago de Compostela e no Liceu de Pedro Nunes. Foi Presidente da Sociedade da Língua Portuguesa.

 
Textos publicados pelo autor

Desaverbar quer dizer riscar; cancelar o averbamento; desarriscar.

Obras consultadas: Grande Dicionário da Língua Portuguesa de José Pedro Machado, Grande Dicionário da Língua Portuguesa de Cândido Figueiredo e Vocabulário da Língua Portuguesa de Rebelo Gonçalves.

1. "De per se" nem é português nem latim. É um erro.

2. A preposição «per» apenas rege acusativo.

3. Per se é uma expressão de uso frequente na linguagem filosófica de Cícero.

4. Significa «por si», «por si só», «por si mesmo», «por si próprio», «espontaneamente»; «intrinsecamente», «pela sua própria natureza».

 

As duas últimas hipóteses mencionadas são as mais adequadas para traduzir "feasibility" em contextos diferentes.

Mas, de acordo com a sua nota, será melhor optar pelo termo «exequibilidade».

Manutenibilidade é uma forma aceitável visto existir o verbo manutenir, o adjectivo manutenível e o substantivo manutenência.

No entanto, por ser uma palavra longa e até de difícil articulação, o emprego das expressões citadas viabilidade de manutenção ou capacidade de manutenção podem ser usadas com vantagem, de acordo com o contexto em que se inserem.

"Manutibilidade" afasta-se da etimologia registada em dicionários quer portugueses quer brasileiros.

O termo sensitividade é, segundo o "Dicionário Aurélio" e o "Vocabulário de Rebelo Gonçalves", a qualidade de sensitivo, e, também para as mesmas fontes, sensibilidade é a qualidade de sensível.