João Cabrita - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
João Cabrita
João Cabrita
1K

João Cabrita, doutorando em Filologia Francesa pela Universidade de Salamanca; Curso do Instituto Italiano, Língua e Literatura; Diplome des Hauts Études Françaises; tradutor de italiano e francês.

 
Textos publicados pelo autor

Acerca da questão posta pela consulente, poderá encontrar a palavra no Dicionário de José Pedro Machado ou no da Porto Editora.

A palavra usa-se, embora não frequentemente, na região de Bragança, com o significado de inútil.

Acerca dos verbos de elocução ou delocutivos, derivados de locuções, poderá encontrar muita informação em «Problèmes de Linguistique Générale», de Émile Benveniste, Éditions Gallimard.

Fluxo de consciência – será uma ideia muito clara sobre um assunto.

Personagens planas/redondas – há informação abundante no «Dicionário de Narratologia», de Carlos Reis e Ana Cristina M. Lopes, editado pela Almedina, Coimbra.

Combarro ou cumbarro é espécie de alpendre, telhado.

Carabunha, por sua vez, é caroço de pêssego, cereja, ameixa, melancia, melão, etc. Segundo me informaram, este último termo usa-se em Trás-os-Montes, especialmente no concelho de Vinhais. De qualquer modo, são todos termos regionais.

   A divisão silábica de praia é prai-a. A palavra tem origem no étimo latino «playa», que, por via popular, com o rotacismo do l e da vocalização do y, dá praia.

Embora já respondido (cf. /Mestrado/ ou /méstrado/?, in Respostas Anteriores), permito-me divergir de Wilton Fonseca. É que os dicionários nada acrescentam quanto à pronúncia. Em Trás-os-Montes diz-se /mestrado/; na região de Lisboa, i.e., a partir do centro pronuncia-se /méstrado/. Embora respeitando as diversidades regionais, como pronunciar? Qual é a norma?