Fernando Madrinha - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Fernando Madrinha
Fernando Madrinha
1K

Fernando Madrinha (Alvega, Abrantes, 1952) é um jornalista português. Estudou na Faculdade de Letras da Universidade Clássica de Lisboa no Curso de Filologia Germânica. Iniciou o seu trajeto profissional no Diário de Notícias, tendo trabalhado em regime de acumulação como colaborador de O Jornal, do Jornal do Comércio e do programa de Informação «Vigésima Quarta Hora», na Rádio Comercial . Foi comentador-residente dos programas Artur Albarran e Jornal Nacional, ambos na TVI. Passou pela revista Sábado e pelo Expresso, onde foi um dos subdiretores. Foi ainda diretor do Courrier Internacional desde a sua fundação.

 
Textos publicados pelo autor

Artigo do jornalista Fernando Madrinha, no semanário Expresso, 14 de Março de 2009, a pretexto dos erros de português dos deputados portugueses apontados pelo procurador-geral da República e dos erros de palmatória de um programa educativo instalado no computador Magalhães.
 

Este é um caso típico e pouco exemplar de como Portugal lida com os contratos que faz e os compromissos que assume, mesmo quando eles tomam a forma de leis, na ordem interna, ou de acordos, entre países. Quem ande pelos 35 anos e todos aqueles que já por lá passaram ainda hão-de lembrar-se de um debate longo e assanhado que atacou jornais e académicos acerca do acordo para a uniformização da ortografia da Língua Portuguesa nos países onde ela é falada. Pois bem, o polémico pergunta.php?id=166...