Eugénio Lisboa - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Eugénio Lisboa
Eugénio Lisboa
1K

Eugénio Lisboa é um ensaísta e crítico literário português. É especialista em José Régio. Autor de várias obras de que se destaca Crónica dos Anos da Peste.

 
Textos publicados pelo autor
Vamos Ler!
Um Cânone para o Leitor Relutante
Por Eugénio Lisboa

Um livro de pouco mais de 130 páginas que se lê num ápice pela sua linguagem direta, não isenta de observações polémicas.

O título Vamos Ler!  vai buscá-lo o autor, o crítico literário, ensaísta e escritor Eugénio Lisboa, a uma revista brasileira que marcou a sua infância. O subtítulo, por seu lado, indicia a intenção de descomplicar o acesso à criação literária e aos mundos que ela abre. Apresenta-se, assim, uma lista de 35 títulos (pp. 79-82) de obras marcantes da literatura portuguesa, a qual Eugénio Lisboa justifica resolutamente pelo critério de reunir obras acessíveis pela temática, pelo desejo de comunicar com o leitor ou de o prender com  histórias ou palavras sedutoras. De fora, ficam todos aqueles que o autor critica como sinal de provincianismo:

«Entre nós, parece haver o culto, de um snobismo provinciano, da "dificuldade", do "aborrecido", do "opaco", da "circunvolução", do "arrebidado", do "complicado", que confundem com o "complexo". O simples e transparente parece-lhes pouco chique intelectualmente falando.» (p. 77)

E, linhas depois,  Eugénio Lisboa não se coíbe de verberar um dos nomes mais destacados da literatura portuguesa da segunda metade do século XX, 

Promover a literatura portuguesa
Mais que traduzir, é preciso capacitar para a leitura em português

Texto publicado no Jornal de Letras de 13/04/2018, no qual o autor, o ensaísta e crítico literário Eugénio Lisboa, defendendo a promoção do ensino não superior do português entre falantes de outros idiomas, deixa a seguinte consideração: «[...] é à conquista da disseminação da língua portuguesa que devemos partir. Enquanto não trouxermos o estrangeiro até à nossa língua, teremos ficado apenas a meio do caminho. »