Edleise Mendes - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
 
Textos publicados pela autora
Aguardente, cultura e língua portuguesa
Do grogue à cachaça

 «O vocabulário e as expressões correntes em uma determinada língua são reflexos do desenvolvimento histórico, social e cultural dos povos que a usam, revelando como vivem, trabalham, pensam, amam e interagem socialmente. (...)  Nesse amplo cenário, um dos campos semânticos curiosos [da língua portuguesa] é o que gira em torno da palavra aguardente, designação genérica de uma bebida destilada espirituosa, de alto teor alcoólico, que pode ser feita de cana de açúcar, frutas, cereais, raízes e tubérculos, entre outros.»

Crónica da linguista brasilerira Edleise Mendes , docente na Universidade Federal da Bahia, emitida no programa Páginas de Português de 19 de junho de 2022, da Antena 2.

 

Professores(as) de Português para o século XXI
Desafios do século XXI

«Uma das políticas linguísticas mais importantes de fortalecimento e de promoção de uma língua é justamente o investimento na formação de seus professores, porque eles são agentes privilegiados, capazes de modificar a realidade que os cerca através do seu ofício de ensinar.»

Crónica que a linguista Edleise Mendes (Universidade Federal da Bahia) elaborou e leu para o programa Páginas de Português em 29 de maio de 2022.

A língua portuguesa e a comunidade surda
As línguas gestuais na CPLP

«[...] [H]á cerca de 144 línguas de sinais oficiais em todo o mundo, e o interessante é imaginarmos que cada uma delas apresenta, em seu interior, muitas variações, como qualquer outra língua. Nos países da CPLP, podemos citar, por exemplo, a Língua Gestual Portuguesa (LGP), a Língua Angolana de Sinais (LAS) e a Língua Moçambicana de Sinais (LMS), entre outras.»

Crónica da linguista Edleise Mendes (Universidade Federal da Bahia) sobre os desafios das línguas gestuais na sua relação com a língua portuguesa. Texto elaborado e lido para o programa Páginas de Português de 8 de maio de 2022, na Antena 2.

Paisagens linguísticas
A multimodalidade da comunicação contemporânea

«A paisagem linguística representa os variados modos de uso das línguas/linguagens nos espaços sociais e públicos das cidades, revelando que as nossas sociedades são cada vez mais multilíngues, multiculturais e globalizadas.»

Sobre o conceito de «paisagem linguística», a crónica da linguista Edleise Mendes (Universidade Federal da Bahia) para o programa Páginas de Português, na Antena 2, em 24 de abril de 2022.

 

Jovens pesquisadores  <br> e o futuro da língua portuguesa nos PALOP
Desafios pluricêntricos

«O pluricentrismo do português [...] traz muitas vantagens para a sua comunidade e seus governantes em relação à difusão da língua, ao seu ensino e à sua valorização como língua de comunicação global, mas por outro lado traz muitos desafios, especialmente para o campo da educação.» Crónica da linguista Edleise Mendes (Universidade Federal da Bahia) incluída no programa Páginas de Português de 27 de março 2022, a respeito dos desafios do português como língua pluricêntrica, designadamente, na área do ensino, onde a presença das modalidades africanas do português tem cada vez mais relevo.