António Pinto Ribeiro - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
António Pinto Ribeiro
António Pinto Ribeiro
264

Ensaísta e programador cultural. Mestre em Ciências da Comunicação (1995, Universidade Nova de Lisboa), doutorado em Estudos de Cultura (2015, Universidade de Lisboa). Foi diretor artístico e curador responsável em várias instituições culturais portuguesas, nomeadamente da Culturgest e da Fundação Calouste Gulbenkian. Tem como principal interesse de investigação a arte contemporânea, em especial a africana e sul-americana. Autor de vários livros, entre os quais se contam Novo Mundo – Arte Contemporânea no Tempo da Pós-Memória (2021), ¿Podemos Descolonizar los Museos? (2020), África, os quatro rios – A representação de África através da literatura de viagens europeia e norteamericana (2017).

 
Textos publicados pelo autor
Os africanos estão na moda
Afropolitanos, europeus negros e "branquidade"

«Cabe aqui relembrar como é injusta esta amnésia sobre a presença dos negros na Europa, como é justo recordar que a sua presença data do século II A.C., muitos na condição de pessoas escravizadas» – sustenta o ensaísta e programador cultural português António Pinto Ribeiro, a propósito de uma exposição em Londres sobre a fotografia de artistas africanos que é ponto de partida para uma reflexão acerca da presença africana na Europa.

Artigo transcrito, com a devida vénia, do jornal Público e transcrito de 1/11/2023. Escrito segundo a norma ortográfica de 1945.