Uma gramática para todos e os primeiros documentos do galego-português - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Uma gramática para todos
e os primeiros documentos do galego-português
Nos programas de rádio A Língua de Todos e Páginas de Português
455

♦ A propósito da recente publicação da obra Gramática para Todos – o Português na Ponta da Língua, do professor universitário e tradutor Marco Neves, o programa Língua de Todos, transmitido pela RDP África, passa uma entrevista com este autor e divulgador de temas da língua portuguesa (25 de maio, depois do noticiário das 13h00*; com repetição no dia seguinte, pelas 9h15*).

 

No Páginas de Português desta semana, na Antena 2 (domingo, 26/05/2019, às 12h30*; com repetição no sábado seguinte, dia 1 de junho, às 15h30*), conversa-se com José António Souto Cabo, professor titular de Língua Portuguesa da Universidade de Santiago de Compostela, sobre o documento que este investigador descobriu na Torre do Tombo, o Pacto de Irmãos, considerado como um dos mais antigos em galego-português, datado entre 1173 e 1175. Este texto é o legado de uma época em que se tinha formado no território norte-ocidental da Península Ibérica um romance, isto é, uma língua derivada do latim, num processo de evolução que durou séculos. O especialista reflete sobre o galego-português, a sua origem e o modo como modelou a sociedade medieval de Portugal e da Galiza.

 

* Os programas Língua de Todos e Páginas de Português ficam disponíveis, posteriormente, aqui e aqui.