Ciberescola apoia Português (língua não materna e estrangeira) nos ensinos básico e superior - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Ciberescola apoia Português (língua não materna e estrangeira)
nos ensinos básico e superior
1K

A Ciberescola, através de protocolo efetuado com a Direção-Geral da Educação (DGE), inicia em janeiro de 2013 o projeto de ensino em regime de b-learning a alunos estrangeiros do ensino básico a frequentar escolas portuguesas. O projeto consubstancia um estudo piloto e envolve dois agrupamentos de escolas (Porto e Sintra), submetido a avaliação externa, a cargo do ISCTE. Se os resultados forem positivos, o modelo poderá ser replicado em anos letivos subsequentes e progressivamente abranger mais escolas, do ensino básico e secundário.

Em parceria com a Universidade Lusófona do Porto, a Ciberescola vai também disponibilizar cursos em linha, com aulas realizadas por videoconferência, aos alunos Erasmus, aos quais assiste a atribuição de ECTS (European Credit Transfer and Accumulation System, em português Sistema Europeu de Transferência e Acumulação de Créditos). Os professores da Ciberescola são professores pós-graduados na área de aquisição de língua segunda, com experiência em lecionação, avaliação e criação de materiais de ensino de português língua estrangeira. Consultar equipa aqui.