Porquê o anglicismo cost-to-income? - Pelourinho - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Início Português na 1.ª pessoa Pelourinho Artigo
Porquê o anglicismo cost-to-income?
Porquê o anglicismo cost-to-income?

«(...) num cenário em que um dos desafios da banca tem sido o de conter
a queda das receitas. Ou seja, o corte do cost-to-income doméstico de 82%
para 45% passará sobretudo pelo “cost” e não tanto pelo “income”. (...)»
 

[in Dinheiro Vivo, 12/03/2017]

 

 

Porquê o uso do anglicismo cost-to-income? Não haverá equivalente em português desta expressão tão recorrente na imprensa portuguesa dedicada a assuntos de economia? Será que todos os leitores (portugueses) dominam o inglês?

É verdade que ainda não se impôs, entre nós, uma tradução da expressão inglesa, mas – houvesse da parte do jornalista e do jornal em causa outras preocupações para com a primazia da sua própria língua –, não faltariam as formas possíveis em português... facilmente colhidas via Internet. Por exemplo:

«(...) o corte do custo/rendimento doméstico de 82% para 45% passará sobretudo pelo custo e não tanto pelo rendimento. (...)»

«(...) o corte da percentagem do rendimento despendido em despesas domésticas de 82% para 45% passará sobretudo pelo custo e não tanto pelo rendimento. (...)»

Sobre a autora

Licenciada em Estudos Portugueses e Lusófonos pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e mestre em Língua e Cultura Portuguesa – PLE/PL2. Leitora no ISCTE.