Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Início Português na 1.ª pessoa Pelourinho Artigo
A falta que fazem os revisores...
A falta que fazem os revisores...

Casualmente, veio parar-me à mão o nome de Raul Minh’Alma, jovem escritor português nascido em 1992, em Marco de Canaveses, que, com os seus anos primaveris, já publicou três ou quatro títulos, distribuídos por ficção e poesia.

Congratulo-me, claramente, com o interesse que a literatura desperta numa geração que generalizadamente (porventura, erradamente…) pensamos demasiado ligada à Internet, sobretudo às redes sociais.

Ao consultar os títulos da sua obra, surgiu Desculpe Mãe, livro de poemas com edição de autor, em 2011.

É, pois, o título que, pela sua  posição de indiscutível destaque, solicita a nossa particular atenção. No caso vertente, ostenta um erro de palmatória que deveria ter sido evitado: a falta da vírgula obrigatória antes do vocativo Mãe.

Se os revisores ainda fizessem parte essencial da vida das editoras, este e outros casos semelhantes com que nos confrontamos demasiadas vezes dificilmente aconteceriam. Mas as editoras, sucumbindo na sua maioria à crise económica instalada no setor, fizeram cortes orçamentais que levaram fatalmente ao decréscimo de um elemento importantíssimo na vida editorial, que é o revisor.  Nem o nobel José Saramago, com domínio superlativo da língua, prescindiu alguma vez da sua revisora para lhe aparar os livros que foi publicando em vida!...

Sobre a autora

Professora portuguesa, licenciada em Filologia Românica, pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, com tese de mestrado sobre Eugénio de Andrade, na Universidade de Toulouse; classificadora das provas de exame nacional de Português, no Ensino Secundário. Coordenadora executiva do Ciberdúvidas da Língua Portuguesa, destacada para o efeito pelo Ministério da Educação português, desde setembro de 2017.