Início Português na 1.ª pessoa Controvérsias Dezenas de milhar/milhares
Polémicas em torno de questões linguísticas.

O mestre Rodrigo de Sá Nogueira, no seu Dicionário de Erros e Problemas da Linguagem (Livraria Clássica Editora, Lisboa, 1974) indica que se deve escrever: «dezenas de milhares» e não *«dezenas de milhar».

Ponto de vista de Sá Nogueira:

Suponhamos que se trata de pessoas: Diremos: «duas dezenas de pessoas», não *«duas dezenas de pessoa», logo, logicamente, devemos dizer: dezenas de milhares, não *dezenas de milhar.

As expressões «dezenas de milhar» e «dezenas de milhares» designam realidades diferentes.

Na extracção da lotaria, deverá dizer-se «o algarismo das dezenas de milhar».