Prefixo des- ou dis- - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Prefixo des- ou dis-

Diz-se: desarmonia mas discordância. Minha pergunta é: há uma regra a reger o uso desses prefixos na língua portuguesa?

A. Mikosz Viena, Áustria 13K

A distinção é etimológica: enquanto o prefixo des- se junta à palavra portuguesa, o prefixo dis- junta-se à palavra latina, evoluindo esta depois para o Português.

Dis- fica invariável antes de p, q, t, s, seguido de vogal mas perde o s antes doutras consoantes: dispensar, distrair, dissuadir, difundir, dimanar.

O prefixo des- também pode perder o s, quando empregue para dar à palavra composta aumento, intensidade: defraudar, demora, decair.

Existe também o prefixo dis- de origem grega que indica dualidade (dístico, dissílabo) ou dificuldade (dispneia = falta de ar; displasia = degenerescência de células).

Teresa Álvares