Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Mação. E a mulher da Maçonaria?

Maçon ou mação, e maçona?
Para já um excelente e fraterno abraço ao João Carreira Bom e a toda a sua equipa. O interesse da pergunta é por si evidente dada a sua actualidade.

Luis Nandin de Carvalho Lisboa, Portugal 5K

A forma portuguesa é mação, adepto da maçonaria ou franco-maçonaria. A forma "maçon" é inaceitável por ser palavra francesa. A forma "maçon" é inexacta.

Quanto ao feminino de mação, há as seguintes dificuldades:

O feminino "maçona" soa mal. Não será aceitável com facilidade. O feminino "maçã" também não calha por lembrar o fruto. Mas o caso pode-se resolver assim: além da palavra mação, temos maçónico, que tanto pode ser adjectivo (homem maçónico) como substantivo (o/um maçónico).

Do masculino maçónico, formamos muito naturalmente o feminino maçónica, e dizemos frases como esta: «Em Portugal há muitas maçónicas

Dos três femininos, parece-nos este o mais aceitável. Mas, com o tempo, o uso escolherá. Até porque só agora é que se começa a falar (mais) das mulheres que integram a Maçonaria.1


1 Posteriormente a esta resposta, editou-se em Portugal o Dicionário dos Termos Maçónicos, que emprega o feminino maçona.

José Neves Henriques