"Firewall" / antepara / corta-fogo - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
"Firewall" / antepara / corta-fogo

Especializei-me na área de Segurança em Redes de Computadores.

Um dos termos imprescindíveis na área é "firewall". Este termo designa, em inglês, uma técnica de construção civil que visa impedir a propagação do fogo entre divisões contíguas. Após pesquisa cuidada, verifiquei que em português não existe um termo homólogo na área da construção civil. No entanto, em construção naval, existe o termo "antepara" que especifica uma técnica útil para impedir a propagação da água entre divisões contíguas de uma embarcação.

Neste contexto, a questão que coloco é saber se a adopção do termo "antepara" como tradução do termo "firewall" é ou não legítima.

Nuno Guarda Portugal 2K

O substantivo antepara é derivação regressiva do verbo anteparar (de ante + parar ou do latim "anteparare"), que significa proteger, resguardar, parar antes do tempo. Este verbo tanto se pode aplicar a um resguardo perante a água como perante o fogo ou qualquer outro perigo. E, se já temos na construção naval antepara de colisão e antepara estanque, nada impede os construtores civis de criar uma antepara, uma antepara contrafogo ou, porque não?, um contrafogo, um guarda-fogo, um corta-fogo. Aliás, guarda-fogo ou corta-fogo não é só a peça metálica que se põe diante da chaminé para evitar incêndios, mas também a parede que se ergue entre dois telhados para impedir a propagação das chamas.

Nada tenho contra antepara. Traduziria, contudo, "firewall" por corta-fogo ou guarda-fogo. Mas, como diria o prof. José Neves Henriques, os mestres de cada um dos ofícios é que sabem quais as palavras que melhor se aplicam às suas actividades.

João Carreira Bom