Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
«Bombo da festa» ‘vs.’ «bobo da festa»
Qual é a expressão popular correcta: «bombo da festa» ou «bobo da festa»? Qual o seu significado?
André Costa Portugal 5K
Ambas as expressões existem, mas com sentido um tanto diferente. [O] «bombo da festa»: aquele que sofre a descarga da ira dos circunstantes; pessoa muito falada, criticada e de quem se faz troça, que é obje(c)to de chacota; aquele que apanha muita pancada; que é sistematicamente responsabilizada pelo que de mau acontece «[Ser o] «bobo1 da festa (ou da corte)»: «pessoa que faz rir toda a gente com brincadeiras e graças (por vezes tolas).» [in Novos Dicionários de Expressões Idiomáticas, de António Nogueira Santos + Dicionário de Expressões Correntes, de Guilherme Augusto Simões + Dicionário de Expressões Populares Portuguesa + Dicionário Prático da Língua Portuguesa, de A. Martins Barata]. 1 Do castelhano "bobo", derivado do latim 'balbus, a, um', «gago». «'Balbu-' significava gago e originou o verbo 'balbutiare' (gaguejar, falar obscuramente). Em português 'balbutiare' deu balbuciar e 'balbu' virou bobo, porque uma das gracinhas que os bobos da corte faziam era imitar gago.(...)», conta Reinaldo Pimenta, no livro A Casa da Mãe Joana (Editora Campus, Rio de Janeiro).
J. M. C./C. R.