As formas doido e doudo - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
As formas doido e doudo

Antes de mais gostava de dar os meus parabéns pela continuação da existência deste "site", de grande importância para o solucionar de questões sobre a língua portuguesa. Um cumprimento especial ao Sr. Carlos Marinheiro, com quem tive o privilégio de colaborar enquanto eu estagiava na agência João Carreira Bom.
A minha dúvida surge relativamente ao uso de “doido” e “doudo” (esta muito utilizada no Norte de Portugal, nomeadamente em Fafe). Está correcto dizer-se “doudo”, uma vez que também dizemos “oiro” ou “ouro”?
Esta é uma questão que se discute bastante, e gostava que me pudesse elucidar sobre a sua forma correcta de utilização.

Marta Magalhães Assessora da presidência na GAMM Braga, Portugal 2K

Claro que são correctos ambos os termos, embora se use, de facto, mais, como diz, a forma doudo no Norte de Portugal, por exemplo também em Braga. Quanto ao ou há muito que deixou de se pronunciar como ditongo na maior parte do País, valendo apenas de ô.

F. V. Peixoto da Fonseca