Adstringente - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Adstringente

Gostava de saber o que significa adstringente. Após consulta ao dicionário, a resposta é um pouco diminuta; no entanto parece-me que é um termo que se pode adaptar a muitos temas, querendo significar inibir, controlar, desde que relacionado com o corpo humano. Estarei certa?

Gostava da vossa ajuda para esta dúvida.

Maria João Tavares Portugal 2K

O Dicionário da Academia das Ciências de Lisboa diz o seguinte: «adstringente (do latim 'adstringens, -entis', particípio presente de 'adstringere',"ligar"). [termo de Farmácia e de Medicina] Que provoca o aperto dos tecidos vivos; que contrai e seca a superfície das membranas; que adstringe.» E ainda é «Substância que produz aperto dos tecidos, que contrai e seca a superfície das membranas, que adstringe. "O tanino, o sulfato de cobre e o sulfato de zinco são alguns dos adstringentes mais usados. Algumas loções de barbear contêm adstringentes"».

O Dicionário Eletrônico Houaiss regista adstringente (adjetivo de dois gêneros e substantivo masculino) e diz o seguinte: «1 que ou o que adstringe, comprime; adstringitivo, adstringivo, adstritivo; 2 em medicina, diz-se de ou substância que provoca constrição.»

O Dicionário Médico (da Clempsi Editores) diz apenas isto: «Que retrai, aperta, une os tecidos.»

Por fim, a Enciclopédia Luso-Brasileira de Cultura (da Editorial Verbo) refere que adstringentes «são substâncias dotadas de acção precipitante sobre as proteínas e que, devido à sua fraca penetrabilidade, actuam apenas sobre as células superficiais, formando uma camada protectora de proteína coagulada. A permeabilidade celular é reduzida por acção de substâncias deste tipo, as quais têm sido usadas como medicamento de acção local. Entre os adstringentes mais usados citam-se o ácido tânico ou tanino, os sais de metais pesados, como o subacetato de chumbo, o alúmen, o sulfato de zinco, o sulfato de cobre, etc.»

Agora, em resposta à sua pergunta, não me parece que seja «um termo que se pode adaptar a muitos temas, querendo significar inibir, controlar, desde que relacionado com o corpo humano».

Carlos Marinheiro