Acentuação em bainhas - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Acentuação em bainhas

No programa "Bom Português" da RTP 1, fiquei a saber que a palavra "bainhas" não é acentuada. A razão aludida é a de que o "i" é a sílaba tónica e não forma, por essa razão, ditongo com o "a" anterior.
Ora a palavra "países" está na mesma situação e é acentuada.
Por que razão existe esta diferença?
Obrigado pelo esclarecimento.
Bom trabalho.

Miguel Pinto Portugal 4K

A razão aludida para bainhas não ser acentuada não é satisfatória, por pouco profunda.
A regra ortográfica em vigor diz que o acento pode ser necessário para que haja hiato entre uma vogal e as vogais i ou u; isto é, para que estas deixem de ser semivogais (ex.: saia ¦sáia¦ é diferente de saía ¦sa-ía¦).
No entanto, este acento pode ser dispensado:
Para já, quando as vogais i ou u não são tónicas (ex.: proíbo, mas proibido).
Entre outras condições, o acento é também dispensado quando a vogal i ou u forma sílaba com as consoantes l, m, n, r, z (ex.: sairdes); ou com o dígrafo nh, que é justamente o caso de bainhas: i forma sílaba com nh, pois a vogal fica nasalada na pronúncia da palavra.

Ao seu dispor,

D´Silvas Filho