Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Sebastião da Gama
Sebastião da Gama
501

Sebastião da Gama (Vila Nogueira de Azeitão, 1924 – Lisboa, 1952) foi um poeta e professor português. Foi colaborador das revistas Árvore e Távola Redonda. Iniciou o seu percurso literário com Serra Mãe (1945) e posteriormente Cabo da Boa Esperança (1947) e Campo Aberto (1951).

 

 
Artigos publicados pelo autor
Imagem de destaque do artigo

Ainda não disse que tenho um Poeta na turma. É o Romão. Faz o possível por "parecer" Poeta, pela maneira como se senta, pelo tom de voz, e até pelo reclamo falado que de si faz: assina "o Poeta"; acha naturalíssimo que eu lhe chame "ó Poeta" e diz aos outros que se não devem admirar de que haja Poetas que escrevem prosa: «Eu também sou Poeta e faço muitas redacções.» Tenho-lhe dito que é preciso ser Poeta princip...