Marco Neves - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
 
Textos publicados pelo autor
Breve viagem às línguas dos Estados Unidos da América
Um país muito mais diverso do que parece de longe

«Há quem não goste assim tanto desta diversidade linguística. Um país a funcionar numa só língua seria, para essas pessoas, mais pacífico. Digo isto: se olharmos para os grandes conflitos que estiveram bem visíveis nesta semana por aqueles lados [nos Estados Unidos, em 6 de janeiro de 2020], vemos que não é preciso falar línguas diferentes para viver em mundos muito diferentes.»

Crónica do professor universitário e tradutor Marco Neves publicada em 10 de janeiro de 2021 no SAPO 24 e no blogue Certas Palavras. Mantém-se a ortografia do original, anterior à norma atualmente em vigor.

Viagem a bordo da palavra <i>livro</i> em português  <br>(e em muitas outras línguas)
Uma comparação interlinguística da formação do plural

«A maneira como imaginamos as palavras obriga-nos a ouvir sons que já não estão lá ou estão apenas num mero sopro, praticamente imperceptível. O aspecto das palavras no papel influencia a maneira como ouvimos os sons numa conversa. Por exemplo],para fazer o plural de livro, pomos o tal s (livros). No entanto, não o lemos como um s. Em Portugal, a letra é lida com o som /ch/, /j/ ou /z/ dependendo da palavra que vem a seguir.»

Apontamento do professor universitário e tradutor Marco Neves publicado no portal SAPO24 e no blogue Certas Palavras em 27 de Dezembro de 2020. Trata-se uma nova versão de um texto anterior do autor, para assinalar a quadra natalícia de 2020.Manteve-se a norma ortográfica de 1945 do original

 

O Natal de A a Z
Quantas palavras cabem no Natal? Pelo menos vinte e três…

«[Em Espanha], são os reis que trazem prendas – e trazem-nas depois do Natal, nos inícios de Janeiro. Mas a terrível invasão de tradições estrangeiras tem convencido alguns espanhóis a dar prendas também na Noite de Natal. As crianças, essas, não dizem que não.» Esta e outras curiosidades fazem parte de uma recolha do professor universitário e tradutor Marco Neves a propósito de palavras direta ou indiretamente ligadas à quadra natalícia .

Crónica publicada em 9 de dezembro de 2018 no Sapo 24 e em 15 de dezembro de 2019 no blogue Certas Palavras (mantém-se a ortografia do original, anterior à norma atualmente em vigor).

<i>Arigato</i> tem origem portuguesa?
Os lusismos do japonês

«Há [...] palavras japonesas roubadas ao português! [...] Uma das palavras japonesas para vidro é ビードロ (biidoro)». Numa viagem até ao Japão, o tradutor e professor universitário Marcos Neves mostra que algumas palavras japonesas têm ligação ao português. Além de vidro, temos outras como frascopão

Texto originalmente publicado em 29 de novembro de 2020 no blogue Certas Palavras e no Sapo 24.

Que têm as vacinas que ver com as vacas?
A origem de uma palavra

«Uma palavra portuguesa que tem origem numa expressão latina inventada por um inglês do século XVIII… Eis uma bela demonstração de como as palavras gostam de passear [...]» – considera o professor e tradutor Marco Neves num apontamento dedicado à origem da palavra vacina.

 Texto originalmente publicado em 15 de novembro de 2020 no blogue Certas Palavras e no Sapo 24.