Gonçalo M. Tavares - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Gonçalo M. Tavares
Gonçalo M. Tavares
1K

Gonçalo M. Tavares (Luanda, 1970) é um escritor e professor universitário português. Recebeu os prémios Portugal Telecom 2007; o Prémio José Saramago 2005 e o Prémio Branquinho da Fonseca da Fundação Calouste Gulbenkian, entre outros. Das suas obras, destacam-se: Jerusalém (2004), Aprender a Rezar na Era da Técnica (2007) e Uma Viagem à Índia (2010).

 
Textos publicados pelo autor

«Imaginemos, por absurdo, que os dicionários desapareciam. Que uma qualquer ordem política determinava a sua destruição. Pois bem, seria uma matança.» Artigo publicado pelo escritor português na revista Visão de 22 de setembro de 2011, que aqui se coloca na íntegra, com os devidos agradecimentos autor.