Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Carlos Malheiro Dias
Carlos Malheiro Dias
875

Carlos Malheiro Dias (Porto, 1875 – Lisboa, 1941) foi um jornalista, cronista, romancista, contista, político e historiador português. Licenciado em Letras, foi para o Rio de Janeiro em 1893, onde colaborou em jornais da capital. O seu primeiro romance, A Mulata (1896), foi mal recebido pela crítica, pelo que regressou a Portugal. Em 1910, voltou para o Brasil onde viveu até 1935. Coordenou a História da Colonização Portuguesa do Brasil (1921) e fundou a revista O Cruzeiro (1928).

 
Textos publicados pelo autor

A língua em que trabalha Anatole France é da mais pura liga. Admiremo-la e invejemo-la!

A nenhum povo concedeu a caprichosa Providência uma dinastia de lapidários da linguagem como a que teve a França do século de Corneille, de Racine, de Boileau, de Fénelon e de La Fontaine.