Carlos Ceia - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Carlos Ceia
Carlos Ceia
80

Doutorado em Estudos Hispânicos pela Universidade de Cardiff e docente na Universidade Nova desde 1993. Professor Catedrático de Estudos Ingleses na Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Nova de Lisboa (Nova FCSH). Titular da Cátedra do Conselho Internacional de Filosofia e Estudos Humanísticos (CIPSH) em Humanidades Digitais na Educação. Fundador e diretor do Instituto de Línguas da Universidade Nova de Lisboa (ILNOVA), coordenador do Centro de Estudos Ingleses, de Tradução e Anglo-Português (CETAPS), coordenador do doutoramento em Didáticas  de Línguas e coordenador-geral dos cursos de formação inicial de professores da NOVA FCSH. Leciona em diferentes áreas – desde Literatura Contemporânea Inglesa e Teoria Literária e Ensino até Desenvolvimento e Teoria Curricular.

 
Textos publicados pelo autor
O perfil ideal de um formador de professores
Um conjunto integrado de indicadores essenciais

«Tal como o perfil de um bom professor não se pode medir por um único ângulo, o perfil de um formador de professores também não se pode medir apenas por ter tido ou não experiência profissional nos ensinos básico e/ou secundário».

Considerações de Carlos Ceia, professor catedrático da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, num artigo de opinião saído no jornal Público em 18 de abril de 2022. O autor manifesta-se quanto ao estudo Perfil académico e profissional de professores do ensino superior que asseguram a Formação Inicial de Professores, do Edulog, portal da Fundação Belmiro de Azevedo, no qual se alerta para a existência de lacunas curriculares de tipo científico e/ou profissional num terço dos formadores de professores em Portugal. Mantevem-se a norma ortográfica de 1945, seguida pelo texto original.