Amélia Mingas (1946-2019) - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Amélia Mingas (1946-2019)
Linguista angolana, diretora executiva do IILP entre 2006 e 2010.
485

Faleceu em Luanda no dia 12 de agosto de 2019, aos 73 anos de idade, a linguista angolana Amélia Mingas, que foi  diretora executiva do Instituto Internacional de Língua Portuguesa (IILP), entre 2006 e 2010. Exerceu funções ainda como coordenadora de Língua Portuguesa do Instituto Médio de Educação, coordenadora do departamento de Língua Portuguesa do Instituto Superior de Ciências da Educação de Luanda, diretora do Instituto Nacional de Língua do Ministério da Cultura e foi responsável pela cadeira de Linguística Bantu na Universidade Agostinho Neto

Extratos de algumas entrevistas concedidas em vida por Amélia Mingas aos programas produzidos pelo Ciberdúvidas para a rádio pública portuguesa serão retransmitidos nesta semana*.

*   Língua de Todos, emitido na RDP África – na sexta-feira, dia 16 de agosto, depois do noticiário das 13h00, com repetição no sábado, dia 17/08 depois do noticiário das 09h00 – e Páginas de Português, transmitido na Antena 2, no domingo, 18/08, às 12h30; com repetição no sábado seguinte, dia 24/08, às 15h30. Hora oficial de Portugal continental,  ficando ambos os programas disponíveis posteriormente, aqui e aqui.

 

CfMorreu Amélia Mingas, linguista e docente da Universidade Agostinho Neto + Morreu Amélia Mingas, defensora da língua portuguesa + Relacionados (ao lado)