Hollywood em Lisboa - Pelourinho - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Início Português na 1.ª pessoa Pelourinho Artigo
Hollywood em Lisboa
Hollywood em Lisboa

Ao olharmos para os títulos dos filmes em cartaz em Lisboa, damo-nos conta de que a tradução para português vem perdendo terreno há vários anos. Hoje em dia, a maioria dos filmes em exibição mantém o título original, dificultando com essa prática a informação legítima a uma parte da população portuguesa que não domina línguas estrangeiras, nomeadamente o inglês que vem das Américas.

Basta percorrer num relance o cartaz de cinema e vemos The Florida Project, Star Wars (este já teve direito em tempos ao português A Guerra das Estrelas), Stalker, Moonlight, Kickboxer: Retaliation, Dunkirk, Bad Investigate, Black Panther

E, não, não se trata de uma coincidência pontual, é antes uma tendência que tem piorado nos últimos tempos e que não tem justificação aparente.

A quem pode beneficiar esta opção? Como pode a língua portuguesa ser tão desprezada em detrimento de outra(s) que tão facilmente conquista(m) o nosso território linguístico?

Parece-me ser um problema de árdua gestão, uma vez que a tradução dos filmes é entregue a várias empresas que terão, em relação a isso, uma diversidade de critérios difíceis de uniformizar. Mas não haverá uma entidade, uma provedoria qualquer que faça umas recomendações? É que, quando entramos num cinema de Lisboa (sem querer ferir suscetibilidades em relação a outras cidades do país), parece que entrámos num em Hollywood!

Sobre a autora

Professora portuguesa, licenciada em Filologia Românica, pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, com tese de mestrado sobre Eugénio de Andrade, na Universidade de Toulouse; classificadora das provas de exame nacional de Português, no Ensino Secundário.