Eu «autêntico» uma declaração? - Pelourinho - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Início Português na 1.ª pessoa Pelourinho Artigo
Eu «autêntico» uma declaração?

O Instituto Superior de Novas Profissões, escola pioneira de algumas disciplinas em Portugal, não está muito atento aos seus próprios impressos. Assim, no documento com que costuma comprovar a comparência a exames dos estudantes-trabalhadores, lê-se:
   «...Passo a presente declaração que assino e autêntico
   Que o dono de uma pensão residencial confunda na escrita – e só na escrita! – o adjectivo «residêncial» com o substantivo residência, ainda se compreende. Não teve a instrução necessária. Mas uma escola! Uma escola não pode confundir coisas tão diferentes como um adjectivo (autêntico) e a primeira pessoa do presente do indicativo do verbo autenticar: autentico.
   O que a escola está a autenticar, deste modo, é o falhanço do ensino.

Sobre o autor

João Carreira Bom (1945 – 2002) foi um jornalista e cronista português que trabalhou para o Diário de Notícias e participou nas redações de O Século, Expresso e da revista Sábado. Destacou-se também por ser contista, atividade que o levou a publicar, em 1965, o livro de contos Subgente. Fundador, com José Mário Costa, do Ciberdúvidas da Língua Portuguesa.