Prof. Evanildo Bechara no Programa do Jô, 2002 - Ensino - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Início Português na 1.ª pessoa Ensino Artigo
Prof. Evanildo Bechara no Programa do Jô, 2002

Evanildo Bechara, gramático e membro da Academia Brasileira de Letras, esclarece dúvidas e faz várias considerações sobre a relação da língua popular com a norma culta numa entrevista feita em 2002 pelo ator e humorista Jô Soares na Rede Globo (Programa do Jô).

Pontos mais salientes:

O erro nos clássicos; sobre a "infernização" do hífen antes do Acordo Ortográfico; sobre  a discrepância no plural dos compostos,; sobre o plural de papai noel;  sobre  palavras como guardanapo e sobremesa; sobre o erro e a referência a Napoleão Mendes de Almeida + língua-padrão/gíria; sobre os estrangeirismos; sobre a ordem direta; sobre a vírgula; sobre a (im)propriedade vocabular; sobre a crase nos topónimos; «a língua é o que cada povo faz dela»: «mais grande»/ «mais "maior"»; «fui àquela cidade»/«fui naquela cidade»/«vim daquela cidade»; o espanholismo «“a” nível de»; erros crassos e linguagem popular; a escrita do jornalista e do escritor; um dos que foi e um dos que foram; sobre os epónimos; o clássico, o popular e a gíria; etc.

Sobre o autor

Professor, gramático e linguista brasileiro. Sócio correspondente da Academia das Ciências de Lisboa e da Academia Internacional da Cultura Portuguesa. Doutor Honoris Causa da Universidade de Coimbra (2000). É autor de conhecidas obras no domínio da descrição e da normativização da língua, de entre as quais se salientam: Moderna Gramática Portuguesa (37.ª edição, Rio de Janeiro : Editora Lucerna, 1999), Gramática Escolar da Língua Portuguesa (1.ª edição, Rio de Janeiro : Editora Lucerna, 2001), Lições de Português pela Análise Sintática (18.ª edição, Rio de Janeiro : Editora Lucerna, 2004) e Novo Dicionário de Dúvidas da Língua Portuguesa (Nova Fronteira, 2016). Ver mais aqui.