Um caso de coesão referencial por correferência não anafórica - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Um caso de coesão referencial por correferência não anafórica

«– É a última vez que ponho a mesa ao senhor Simão em minha casa! [...] Desta vez, o académico ponderou supersticiosamente os ditames do coração da moça.»

   Como podemos classificar o mecanismo de coesão textual que se estabelece entre "Simão" e "o académico"? A solução do exercício em causa aponta para coesão lexical por substituição, mas confesso que fiquei com dúvidas... Será que podemos estabelecer uma relação de sinonímia entre "Simão" e "o académico"? Ou estamos perante um exemplo de coesão referencial por correferência não anafórica?

Muito obrigada pelo esclarecimento.

Maria Ferreira Aprendiz Lisboa, Portugal 667

    A coesão lexical é assegurada pela repetição da mesma unidade lexical, ao longo do texto, ou pela sua substituição por outras unidades lexicais, utilizando sinónimos, antónimoshiperónimos ou hipónimos. Visto que entre "Simão" e  "o académico" não se estabelece nenhuma destas relações, não podemos falar em coesão lexical.

No entanto, como ambas as expressões identificam o mesmo referente, embora nenhuma delas funcione como termo anafórico¹, são correferentes.

Verificamos, portanto, que o mecanismo de coesão textual estabelecido entre "Simão" e "o académico" é, como muito bem diz a nossa consulente, um exemplo de coesão referencial por correferência não anafórica.

 

¹«Processo de repetição de informação através de uma unidade linguística cuja referência representa semanticamente um sintagma que surge antes

 (ex.: há anáfora em "o presidente já chegou, mas não o quero incomodar"), in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa

Aura Figueira
Classe de Palavras: substantivo
Áreas Linguísticas: Discurso/Texto Campos Linguísticos: Coesão/Coerência