Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
«Tenho um amigo meu»

"Tenho um amigo meu que..."

Esta é uma das expressões que se utiliza mais frequentemente por aí mas que não tem assim muita razão de ser, certo?

Bruno Filipe Pinheiro Portugal 2K

De facto, não é lá preciso o determinante meu. É palavra a mais, que desfeia, a não ser em certas situações em que seja conveniente acentuar a posição afectiva desse amigo, mas isso é raro. É um pleonasmo que, raramente, terá justificação.

José Neves Henriques