Sobre a origem do apelido Gracias (Goa, Índia) - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Sobre a origem do apelido Gracias (Goa, Índia)

Gostava de contactar alguém, nomeadamente Teotónio R. de Souza, acerca da origem do apelido Gracias em Goa. O antepassado mais antigo, de que me deram conta, teria sido Francisco Gracias, nascido cerca de 1690/1700 e que teria casado com Mónica Dias.

Será que alguém me sabe dizer a origem, ou seja, o nome hindu ou indiano a que corresponderia o referido apelido Gracias? Eram indianos convertidos ao catolicismo, e não foram considerados pelo prof. Jorge Forjaz como luso-descendentes, pois que só no século XX se casaram com europeus ou pessoas de outra nacionalidade.

Desde já os meus agradecimentos pela atenção dispensada.

Maria Isabel Gracias da Fontoura Reformada Lisboa, Portugal 5K

Conheci algumas famílias Gracias em Goa. Tive um colega seminarista de Canácona (sul de Goa), Miguel Gracias. Uma doutorada orientada por mim foi Fátima Gracias de Benaulim (Salcete), e vive agora em Panjim. Gracias de Loutolim esmeraram no jornalismo nos finais do século XIX e início do século XX. O principal deles, J. A. Ismael Gracias, morreu em 1919, e podem ser consultados vários encómios na imprensa nessa altura. Foi dire{#c|}tor da revista de arqueologia O Oriente Portuguez (antiga série) e colaborou em vários jornais e revistas da época.

São naturais de Goa e sem mestiçagem até aos tempos mais recentes como confirma Forjaz. Se alguns apelidos|sobrenomes dos goeses diferem dos apelidos|sobrenomes existentes em Portugal, não me parece ser razão para se surpreender. Garcia poderia ter sido corrompido em Gracias. É um processo normal de adaptação que ocorre nas línguas em novos climas.

Teotónio R. Souza
Tema: Origem de nomes próprios Classe de Palavras: nome próprio