Nomes próprios, acentos - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Nomes próprios, acentos

Gostaria que me esclarecessem uma curiosidade.

Apesar dos nomes próprios também serem acentuados, é prática no Brasil não utilizar acento e nem c de cedilha nos nomes próprios em vários documentos como: CPF, carteira de identidade, certidão de nascimento, etc.

Em Portugal também é assim?

Os países europeus que utilizam acentos também os omitem em documentos?

Obrigado.

Sérgio Augusto de Brito Brasil 7K

Os nomes próprios da língua portuguesa têm os sinais ortográficos recomendados nas normas para os nomes comuns da língua (ex.: Amândio, Anunciação, Estêvão, Félix, Gonçalo, Óscar, etc.).

Mas os nomes próprios estrangeiros, mesmo em naturais de países de expressão portuguesa, devem ser escritos na grafia da origem desse nome, quando não aportuguesados (ex.: `Manuel Caldas Diesel´).

A não colocação de acento ou da cedilha, a que se refere, em nomes consagrados no léxico, pode ter sido provocada por (in)conveniência informática. Nem o novo acordo dispensa tal cuidado.

Ao seu dispor,

D´Silvas Filho