Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Para surdos e pessoas com problemas auditivos
Vodafone coloca Língua Gestual Portuguesa nos telemóveis
1K

 

Surdos e pessoas com deficiência auditiva passaram a poder utilizar o telemóvel em Portugal, graças a um serviço em Língua Gestual Portuguesa (LGP) promovido pela Vodafone, pela primeira vez no país.

Criado para colmatar as dificuldades específicas na comunicação de pessoas possuidoras de deficiência auditiva, este serviço ficou disponível através de uma videochamada gratuita para o número 12717 nos dias úteis, entre as 9h00 e as 20h00.

Uma equipa de assistentes de call center fluentes em LGP assegura este serviço inédito em Portugal. Durante o seu período de formação, foram acompanhados durante a respetiva formação por uma equipa de especialistas da Associação Portuguesa de Surdos, que adequaram e transpuseram para Língua Gestual Portuguesa todos os módulos de formação de atendimento que, anteriormente, versavam apenas a comunicação por voz.

Para colmatar a inexistência em LGP de determinados vocábulos específicos do léxico das telecomunicações, como «pen de acesso à Internet», «tarifário» ou «rede», foram adaptados gestos que serão gradualmente introduzidos na comunidade utilizadora de Língua Gestual Portuguesa.

Segundo ainda a Vodafone Portugal, desde 2005 foram disponibilizados tarifários com condições especiais e equipamentos adaptados para pessoas com incapacidade comprovada igual ou superior a 60%, visando contribuir eficazmente para a integração desta comunidade na sociedade de informação.

Veja-se o vídeo aqui do jornal português Público.