Evacuar indivíduos? - Pelourinho - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Início Português na 1.ª pessoa Pelourinho Artigo
Evacuar indivíduos?

É raro um jornalista empregar bem esta palavra, que já em latim significava «esvaziar». Quando se diz: «Foram evacuados mil portugueses da Guiné-Bissau», o que se afirma, na nossa língua, é que mil portugueses foram esvaziados. Ou seja: cada um desses portugueses ficou sem entranhas.

Temos outros verbos, como transferir e transportar, que permitem banir tamanha impropriedade.

Evacuar é bem empregado se dissermos: «A cidade de Bissau foi evacuada.» Evacua-se (esvazia-se) a cidade quando se transferem os habitantes para outro local. Do mesmo modo que se evacua (esvazia) o intestino quando dele saem as fezes.

Os jornalistas, pois, quando pensarem num verbo que empregam tão mal, devem ter cuidado: não vão evacuar onde não devem.

Sobre a autora

Teresa Álvares (1946-2009), era licenciada em Filologia Românica pela Faculdade de Letras de Lisboa, antiga professora de Língua Portuguesa e Francês.