Já foi ao dicionário? - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Início Aberturas Abertura
Já foi ao dicionário?
Já foi ao dicionário?
Por Ciberdúvidas da Língua Portuguesa 279

texto descritivo da imagem

O Instituto da Língua Galega (ILG), da Universidade de Santiago de Compostela, e a Universidade Federal do Pará (UFPA) trabalham no projecto Tesouro do léxico patrimonial galego e português, com vista à construção de uma base de dados lexicográfica do galego e do português, com informações acerca das variedades dialectais faladas na Galiza, em Portugal e no Brasil.

O inventário lexicográfico é um passo fundamental no reconhecimento do estatuto de uma língua. Não é por acaso que o dicionário é a obra julgada como sendo o repositório de um idioma. Não o é, de facto. No entanto, é um instrumento essencial para a consciência metalinguística que todo ofalante tem de desenvolver, quer em relação à sua língua materna, quer relativamente à(s) língua(s) segunda(s). Daí que seja tão importante dar orientações sobre consulta de dicionários.

texto descritivo da imagem

O minderico vai ocupando cada vez mais espaço de estudo e divulgação. E de afecto também: «Para mim a piação além de muito cópia é como uma herança de videira não só para o Ninhou como para todo o jardim de Camões e por isso tem de ser engenhada com detalhe.» É assim que Vera Ferreira, investigadora do Programa de Documentação de Línguas Ameaçadas, se refere à «piação do Ninhou».

Fica aqui um pequeno glossário.

texto descritivo da imagem

A actualização deste dia mostra como a semântica temporal se alia à sintaxe no estudo da sobreposição de valores, em estruturas de subordinação.