Ciberdúvidas renovado - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Início Aberturas Abertura
Ciberdúvidas renovado
Por Ciberdúvidas da Língua Portuguesa 428

Nos dez anos do Ciberdúvidas, é com entusiasmo reforçado que apresentamos uma reestruturação profunda deste serviço.

Há de novo não apenas o grafismo, da responsabilidade do "designer" Henrique Cayatte, mas também os processos  mais eficazes de navegação por todas as áreas e conteúdos:

— pesquisa, por palavra-chave, de respostas anteriores (mais de 19 mil nesta data) ou de um qualquer artigo de outra rubrica (Antologia, Português na 1.ª Pessoa, Diversidades, Actualidades);

— pesquisa por selecção cruzada de áreas linguísticas, tipos de palavra e temas;

— elaboração da pergunta através de formulário , com integração, também aqui, de um mecanismo de pesquisa.

O novo grafismo permite uma detecção visual mais imediata de todas as secções que compõem este sítio; as diferentes modalidades de pesquisa evitam a repetição de perguntas/respostas, podendo o consulente ver a sua dúvida esclarecida imediatamente.

Este é ainda, no entanto, um período probatório, sendo muito provável que ocorram falhas de vária ordem. Isto acontecerá porque ainda estamos a estabilizar o funcionamento do sistema e porque temos para catalogar, durante os próximos meses, um grande número de respostas antigas. Está também em tratamento uma nova secção do Ciberdúvidas, que será lançada mais tarde: trata-se do acesso a teses de mestrado e doutoramento em Linguística defendidas em Portugal  - um projecto que contou com o apoio da Fundação Gulbenkian e concretização do ILTEC.

Apelamos, por isso, à compreensão e paciência de quem já não dispensa o Ciberdúvidas.