A língua portuguesa e o crioulo cabo-verdiano - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Início Aberturas Abertura
A língua portuguesa e o crioulo cabo-verdiano
A língua portuguesa e o crioulo cabo-verdiano
Por Ciberdúvidas da Língua Portuguesa 728

1. Foi um acontecimento da maior importância para a Língua Portuguesa o que se realizou na semana ora finda. Nas instalações da Fundação Gulbenkian, em Lisboa, decorreu o XX Encontro Nacional da Associação Portuguesa de Linguística [APL], que juntou vários estudiosos do nosso idioma comum. A APL – presidida pela professora universitária Maria Helena Mira Mateus – publica todos os anos as Actas destes encontros, obras imprescindíveis para quem pretenda investigar a história, o funcionamento e perspectivas evolutivas da língua portuguesa.


2.
Como eco destes dias fica também a hipótese, aventada por alguns órgãos de comunicação social, de o crioulo poder vir a ganhar o estatuto de língua oficial de Cabo Verde, em paridade, portanto, com o português. A solução, perfilhada há muito por amplos sectores intelectuais e políticos cabo-verdianos, só pode ser encarada no restante mundo da lusofonia como se lhe referiu o ex-ministro da Educação português Guilherme d'Oliveira Martins, em artigo no “Jornal de Letras”, do dia 13 p.p.: «Longe de ser uma ameaça à afirmação da língua portuguesa, como elo e como factor de diálogo e de comunicação entre culturas, o reconhecimento da identidade dos crioulos e do seu lugar nas escolas constitui um factor de maturidade cultural e de enriquecimento mútuo».