Cuspido e escarrado, outra vez - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Cuspido e escarrado, outra vez

Esta expressão sempre me foi "traduzida" como "esculpido em carrara". A versão esculpido e encarnado me pareceu bastante estranha, inclusive por não fazer muito sentido.

Maria Luiza Lobo Editora Rio de Janeiro, Brasil 2K

Como disse já, o Novo Dicionário Aurélio, de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira, traz "cuspido e escarrado", como sempre ouvi. E é curioso que também o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora aponta para escarrado, como termo popular, os significados de "muito parecido; tal qual", como já fazia a Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira, que até dá uma citação camiliana: "É o padre escarrado – tal e qual, e não lhe conheço outro pai que eu saiba", Vulcões de Lama, cap. 1, p. 18.

F. V. Peixoto da Fonseca