. - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
.
.
430

.

 
Textos publicados pelo autor
Les mots diversement rangés
Grammaire Systématique du Portugais
Por R. A. Lawton

A obra Les mots diversement rangés. Grammaire Systématique du Portugais, de R. A. Lawton, integra-se no quadro da Linguística de posição, de Gustave Guillaume. A publicação, em língua francesa, tem a chancela da Imprensa da Universidade de Coimbra e divide-se em duas partes constitutivas: Les mots (As palavras) e Les mots, diversement rangés (As palavras, organizadas de diferentes formas), nas quais se desenvolve uma análise linguística muito distinta das abordagem mais comummente observadas nesta área.

Na primeira parte, propõe-se um tratamento dos factos linguísticos, nomeadamente das classes de palavras (substantivo, artigo, adjetivo, pronomes, verbo, preposição e advérbio), considerando a cronologia nocional da evolução das palavras num eixo que se orienta da esquerda para a direita e considera tensões linguísticas e evolução temporal. Esta abordagem procura explicar a formação das classes, do género, de aspetos nocionais, entre outros, considerando fatores etimológicos, morfológicos e semânticos (para além de outros) para explicar o funcionamento das classes de palavras. A título de exemplo, o género é concebido como largo ou estreito (p. 27) e este surge em resultado das relações com as tensões existentes na língua.

Na segunda parte, a gramática centra a sua análise no plano da frase, cuja produção se considera na perspetiva dos processos cognitivos que estruturam o pensamento: da frase nominal à frase verbal, por exemplo.

A gramática Les mots diversement rangés. Grammaire Systématique du Portugais é, deste modo, uma publicação a analisa...

Antes e Depois de Editar
Estudos Filológicos
Por Ângela Correia, Carlota Pimenta (coord.)

O livro Antes e Depois de Editar. Estudos Filológicos, coordenado por Ângela Correia (Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa – FLUL) e Carlota Pimenta (Universidade Católica Portuguesa), ambas investigadoras do Centro de Linguística da Universidade de Lisboa (CLUL), reúne nove estudos elaborados para o encontro que, com o mesmo título, se realizou na FLUL, nos dias 14 e 15 de janeiro de 2021. O objetivo desse encontro foi, como escreve Ângela Correia na introdução, refletir sobre a natureza da atividade e do objeto de estudo da filologia1, repto a que os autores dos estudos responderam de três formas: «[...] mantendo o texto nos seus estudos e assim declarando não haver, para a Filologia, nem antes nem depois da edição; voltando-se para a reflexão sobre os seus métodos, princípios e história; desviando-se para uma das disciplinas filológicas. Ou respondendo de várias destas formas, no mesmo estudo.»

No primeiro estudo, Ivo Castro, professor jubilado da FLUL e reconhecido especialista quer em crítica textual quer em história da língua, dá conta pormenorizada (pp. 13-68) de como o espólio de José Leite de Vasconcelos (1858-1941) continua a facultar informação preciosa sobre a formação deste autor como filólogo, linguista e etnógrafo. Segue-se o artigo de 

Estudos em Gramática, Texto e Discurso
Linha d'Água, v. 36, n.º 2
Por AA. VV.

Este número da revista Linha d'Água, publicação da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, compreende uma seleção dos trabalhos apresentado na GRATO 2021 – 7.ª Conferência internacional em Gramática & Texto, realizada em 18 e 20/11/2021 pelo Centro de Linguística da Universidade Nova de Lisboa. A escolha dos textos coube a várias investigadoras integradas do CLUNL, que também figuram como autoras neste volume.

Como se pode ler na apresentação, «os textos selecionados para este número correspondem a um enquadramento das relações entre gramática e texto/discurso como um espaço de convergência, assim congregando-se um conjunto de propostas que, ora partem de fenómenos linguísticos locais para melhor compreender os textos/discursos, ora viabilizam, a partir de configurações textuais/discursivas, uma melhor compreensão do funcionamento da língua sob diferentes pontos de vista – pragmático, semântico e morfossintático».

Também como se sublinha no editorial, de grande clareza, conferindo unidade imediata à recolha, o volume organiza-se em três eixos temáticos: "Relações e interações entre Gramática e Texto", "Entre facto e opinião – configurações gramaticais, discursivas e textuais" e "Didática e literacia em Gramática e Texto". Ao primeiro eixo temático pertencem quatro artigos, todos relacionados com a relação entre gramática e texto em diferentes áreas de ensino (do básico ao universitário): Abordagem dos gêneros de texto nas questões de língua portuguesa do Enem; Encruzilhadas do Artigo Científico: língua, plano de texto, tempos verbais e voz autoral;

No Meu Bairro
As diferenças que unem: um livro sobre inclusão e diversidade
Por Lúcia Vicente, Tiago M.

O livro infantil No Meu Bairro, de Lúcia Vicente, com ilustração de Tiago M., é uma edição Nuvem de Letras, com a chancela do grupo editorial Penguin Random House. Nele a autora conta, em verso, as histórias de 12 crianças que têm em comum o facto de serem diferentes do que é considerado o padrão normal em sociedade. Este facto permite à autora abordar temas relacionados com «a diversidade de género, familiar, racial ou de credo religioso» (p. 7), com o objetivo de contribuir quer para a discussão pedagógica destes temas quer para a normalização do que é visto como diferente.

Este livro tem a particularidade de ser o primeiro a ser editado em Portugal com recurso ao sistema ELU. Trata-se de um sistema de adequação a uma linguagem que busca ser inclusiva ao esbater as diferenças linguísticas entre masculino e feminino por meio da construção de uma linguagem neutra que possibilita a inclusão no discurso de pessoas não-binárias, de género neutro ou de género indeterminado.

Em traços gerais, o sistema ELU, para marcar o género ...

Teoria discursiva em diálogo
Perspetivas e análises
Por Paulo Nunes da Silva, Luís Filipe Barbeiro, Fausto Caels, Carlos A. M. Gouveia, Joana Vieira Santos, Carla Marques, Célia Barbeiro

A obra Teoria discursiva em diálogo: perspetivas e análises, da Grácio Editor, em acesso livre, é uma publicação conjunta de sete autores: Paulo Nunes da Silva, Luís Filipe Barbeiro, Fausto Caels, Carlos A. M. Gouveia, Joana Vieira SantosCarla Marques e Célia Barbeiro, um grupo de investigadores que integra o grupo de I&D Discurso e Práticas Discursivas Académicas (DPDA), pertencente ao centro de investigação CELGA-ILTEC, da Universidade de Coimbra. O objetivo desta publicação centra-se, tal como anuncia o título, na exploração de um diálogo possível entre diferentes teorias discursivas. Por meio de artigos escritos a duas ou três mãos, os investigadores propõem reflexões e análises que partem de quadros teóricos como o Interacionismo Sociodiscursivo, a Linguística Sistémico-Funcional ou a