Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
D´Silvas Filho
D´Silvas Filho
2K

D´Silvas Filho, pseudónimo literário de um docente aposentado do ensino superior, com prolongada actividade pedagógica, cargos em órgãos de gestão e categoria final de professor coordenador deste mesmo ensino. Autor do livro Prontuário Universal — Erros Corrigidos de Português. Consultor do Ciberdúvidas da Língua Portuguesa.

 
Perguntas respondidas pelo autor
Bruno Afonso Tradutor Santarém, Portugal 5K

Segundo sei, e pelo que consegui pesquisar aqui no Ciberdúvidas em respostas a outras perguntas, o AO não altera a grafia dos nomes próprios, nos quais se incluem os nomes de continentes, países e demais topónimos.

Assim sendo, julgo que, mesmo com AO, a grafia correcta do nome do continente gelado seria Antárctida, e não Antártida. Eventualmente, seriam admitidas ambas as grafias, caso em português do Brasil se escrevesse já antes sem c. O mesmo se passaria com Círculo Polar Árctico/Ártico.

Seguindo ainda a lógica do AO, apenas nos adjectivos se suprimiria o c, como, por exemplo, em «o frio antártico/ártico».

Pedia, por favor, que me esclarecessem se este raciocínio está correcto, ou se, afinal, as novas grafias passam a ser Antártida/Círculo Polar Ártico e estamos perante mais uma das excepções à regra do AO.

Obrigado!

Sofia Silva Economista Lisboa, Portugal 5K

Gostaria de saber como se escrevem as palavras "intragrupo" e "interquartil", no antigo e no novo Acordo Ortográfico.

Obrigada.

Graciete Silva speech project manager Zurich, Switzerland 3K

Caro Ciberdúvidas, gostaria de solicitar a vossa ajuda nas seguintes questões: Como é que se pronuncia 1,2 mi? Há diferenças entre o PTP e o PTB?

a) uma vírgula duas milha; b) uma vírgula duas milhas; c) um vírgula dois milha d) um vírgula dois milhas

Obrigada pela vossa ajuda.

Hugo Paula Jornalista Lisboa, Portugal 7K

Venho perguntar como nos devemos referir ao ordinal [correspondente a] mil milhões (1 000 000 000.º)? Uma pesquisa no Google levou-me a "bilionésimo". Contudo, esse termo está de acordo com a escala brasileira/anglo-saxónica, que utiliza o bilião (bilhão/billion) nos casos em que se recorre ao milhar de milhões, em Portugal. A minha pesquisa no Ciberdúvidas levou-me a uma [resposta] que faz referência ao "dois milésimo" e "bimilionésimo", quando relativo ao ordinal de dois mil. Poder-se-á usar essa regra para um ordinal da ordem de mil milhões ficando "mil milésimo"?

Agradeço antecipadamente as vossas respostas.

Caio Britto Brasil 4K

Sobre as explicações de D’ Silvas Filho quanto ao uso da (/) barra na língua portuguesa, ficou-me uma dúvida acerca da interpretação de uma frase. Diz o seguinte:

«As pontuações previstas nas alíneas "a.1"/ "a.2" e "b" não poderão ser contadas de forma cumulativa.
»

Pergunto ao senhor: Qual o entendimento da frase? O que eu não posso cumular? Apenas "a.1" com "b" e "a.2" com "b" ou também não posso cumular "a.1" com "a.2"?

Na minha interpretação, o uso da (/) barra entre "a.1" e "a.2" permite que elas sejam cumuladas.

É isso mesmo? Estou correto na minha interpretação?

Patrícia Bettencourt Professora Ponta Delgada, Açores 11K

A palavra característica tem dupla grafia?

Cláudia Trindade Revisora de texto Lisboa, Portugal 1K

Segundo depreendo do AO90, as palavras cujos prefixos terminem na mesma vogal que o segundo elemento devem separar-se com hífen. Exceção feita ao elemento co-. Contudo, em diversas obras consultadas, os prefixos re- e entre- surgem aglutinados ao elemento seguinte. O Portal da Língua Portuguesa faz um belo e vazio jogo de anca e não lista nenhum destes casos. Pergunto, dado que não existe um VOLP, qual é a referência que devo seguir?

Patrícia Bettencourt Professora Ponta Delgada, Portugal 1K

Os nomes das instituições sofrem as alterações do acordo ortográfico? Por exemplo «Direcção Regional da Educação» mantém o c?

Maria Matreno PB Benavente, Portugal 9K

Diz-se no texto do Acordo Ortográfico – Base IV:

1. O c [...] e o p [...] ora se conservam, ora se eliminam. Assim [...]

c) Conservam-se ou eliminam-se facultativamente [...]: aspecto e aspeto, [...] dicção e dição, [...] sector e setor, ceptro e cetro [...].

No entanto, no Vocabulário de Mudança – lista da MorDebe das palavras cuja grafia muda com o Acordo de 1990, diz-se:

Ortografia Nova – Notas

aspecto, aspeto – aspecto não é aconselhável em Portugal [...)

dicção, dição – na prática, a situação anterior não muda [...]

sector, setor

cetro.

Pergunto:

1. Aspecto não é aconselhável em Portugal, ou é errado?

2. As palavras dicção e sector têm as mesmas variações da palavra aspecto e, no entanto, de aspecto diz-se que não é aconselhável em Portugal, de dicção diz-se que a situação não muda e de sector não há nenhuma nota. Qual a diferença? Penso não se perceber a coerência nestas notas...

3. Em relação a ceptro, aparece uma única forma na ortografia nova, enquanto o texto do Acordo, conforme acima, aceita as duas formas facultativamente.

Rita Tavares Professora Aveiro, Portugal 8K

Gostaria de saber se, com a introdução do novo AO, palavras como Homem (Humanidade), Natureza (conjunto de todos os seres vivos), Sistema Solar e Via Láctea mantêm a inicial maiúscula.